Serviços › Curiosidades

Audi

  

No final do século XIX, August Horch graduado em metalomecânica, deu início à construção de automóveis dando origem à marca Alemã Horch na primavera de 1899, em Zwickau (perto de Colónia).

A um ritmo alucinante a Horch produziu cinco modelos diferentes, até 1909. Ano em que Horch abandonou o projecto ao qual havia emprestado o seu nome.

Contornando os problemas de uma forma elegante, Horch criou uma nova marca utilizando o seu nome traduzido em latim: Audi (em alemão Horch significa escuta).

Mais tarde em 1932 a Audi viria a integrar a Auto Union composta pela Audi, Horch, DKW e Wanderer. A Auto Union utilizava como logótipo os quatro anéis interligados, como símbolo da junção das quatro marcas. As fábricas da Auto Union seriam bombardeadas no decorrer da II Guerra Mundial, ficando parcialmente destruídas
 

 

BMW

  

A história da Bayerische Motoren Werke -- Fábrica de Motores Bávara, ou BMW -- começa em 1916, com a fusão de dois fabricantes de Munique: a Rapp Motorenwerke e a Gustav Otto Flugmaschinfabrik. A empresa, que dois anos depois assumia a designação conhecida hoje, dedicava-se à produção de motores aeronáuticos -- daí seu emblema azul e branco, que representa uma hélice estilizada.
 

 

Carros X População

  

O número de carros nas estradas aumenta a um ritmo 2 vezes superior ao da população mundial, prevendo-se que existam 2 bilhões em todo o mundo no ano 2030.

 

Citroën

  

A marca francesa Citroën foi fundada por André Citroën em 1919. A Citroën começou como uma fábrica de produção de armamento para a I Guerra Mundial, mas com o final da guerra a produção de armamento cessou, lançando-se então na produção de automóveis.

Em 1933 a Citroën lançou o Rosalie, o primeiro automóvel de série a incorporar um motor a gasóleo.
 

 

Ferrari

  

Enzo Ferrari nasceu em 1898. Iniciou na fábrica Alfa Romeo nos anos de 1920. Trabalhou nessa fábrica como mecânico, piloto e diretor de equipe.

Em 1929, criou a Scuderia Ferrari, a primeira equipe de corrida de automóvel independente das fábricas automotivas, mas com vínculo administrativo com a Alfa Romeo. No primeiro ano, a Ferrari venceu sete corridas, quatro em Cortese, duas em Nuvolari e uma em Sommer, num total de quatorze provas disputadas.

Em 1939, Enzo Ferrari abandona a Alfa Romeo. Durante a segunda guerra, fabrica veículos e equipamentos para a agricultura, mas sem prensar o seu nome em seus veículos, em respeito à contratos ainda vigentes com a Alfa Romeo. Em 1946, constrói o carro Ferrari 125 S, sob sua própria marca.

Enzo Ferrari sempre teve o projeto de fabricar vários tipos de carros para cada tipo de situação específica; em 1948, cria o monoposto de GP, com o motor 125 F1 ( 1500 cc). O modelo disputou a corrida da Itália naquele mesmo ano, conquistando o terceiro lugar.

Desde então, a equipe já conquistou mais de cinco mil vitórias, participando da Fórmula 1, do World Sportcar Championship e promove na Europa, EUA e América Latina o campeonato Ferrari Challenger, com carros ferraris 355.

Em 1969, parte das ações da empresa Ferrari foram adquiridas pela Fiat. Neste mesmo ano a Ferrari começou a circular no Brasil, e sua importação se fortaleceu a partir de 1996.
 

 
« Anterior | 1 | 2 | 3 | Próximo »

Carros & Cia

o fantástico mundo do automóvel

Entre em contato conosco:
(54) 3221 4600
contato@carrosecianews.com.br

   
Cadastre-se em nossa newsletter: