SUV - será que realmente voce tem um?

O que é um crossover?

24/01/2017    ·    suv, crossover, diferença entre suv e crossover,
 

O gosto dos brasileiros por SUV’s - e porque não dizer do mundo inteiro - vem crescendo de maneira acintosa. Então parece-me que entramos numa era onde qualquer veículo com posição de dirigir mais alta e com “apelo off road’”, seja possuidor de tal denominação. Atualmente percebemos que qualquer veículo com mínimas características aventureiras já está sendo chamdo de Sport Utility Vehicle

 

SUV significa Sport Utility Vehicle (Veículo Utilitário Esportivo). Trata-se, na origem, de uma perua sobre o chassi de uma caminhonete. Por isso, até recentemente, os SUVs eram considerados “comerciais leves” pela legislação brasileira.

 

Os primeiros utilitários esportivos tinham a carroceria montada sobre um chassi (duas longarinas que unem os eixos dianteiro e traseiro). Mas esse tipo de veículo é instável e desconfortável. Até podemos compará-lo, em alguns aspectos, com um caminhão. Por isso, alguns fabricantes abandonaram a construção sobre chassi e adotaram a carroceria tipo monobloco, que é uma peça de aço única montada diretamente sobre os eixos dianteiro e traseiro. Isso deu a esses carros muito mais segurança e um comportamento dinâmico parecido com o de um automóvel. A diferença é que tinham grande altura do solo e também o teto bem alto.

 

O primeiro SUV que se popularizou no Brasil foi a Rural Willys. Era montada sobre o chassi do Jeep Willys, que tinha também uma versão caminhonete. A Rural era chamada de perua e tinha tração 4×4 com reduzida. Nos Estados Unidos, a Rural foi substituída pelo Jeep Cherokee.

 

Uma boa maneira, também, de compreender os SUV’s, seriam àqueles derivados de uma picape. Já que fica sem sentido o veículo não ser um “utilitário”. A questão é que, desta forma, abandonamos esta nomenclatura para uma grande variedade de veículos que assim se auto denominam "utilitários esportivos". Pense quais os SUV's que voce conhece que têm sua origem em uma picape? Toyota SW4, Chevrolet Trailblazer, Pajero da Mitsubishi, alguns da Nissan... E??? Começa a ficar restrito, certo??

 

É importante também considerar para um veículo de características totalmente off-road o sistema de tração. Muito modelo que se diz SUV, sequer é 4x4.

 

No final dos anos 1990, a BMW revolucionou o segmento, lançando o X5, o primeiro SUV da marca. Ao contrário de carros como o Mitsubishi Pajero e o Nissan Pathfinder, que eram derivados de picape, o BMW X5 ganhou uma plataforma própria. Outro carro notável foi o Porsche Cayenne, que reuniu o desempenho do 911, o espaço de um Mercedes e a capacidade off-road de um Jeep. 

 

Então, em 2007, a Nissan deu nome a um novo tipo de carro: o crossover. Com o lançamento do Nissan Qashqai, a marca japonesa mostrou que era possível fazer um carro compacto com características de um SUV somadas as de um hatch. E então a indústria passou a produzir crossovers de todos os tipos e tamanhos, unindo características de hatches, sedãs, cupês, peruas, minivans e até conversíveis com as de um Sport Utility Vehicle.

 

O problema é que muitos departamentos de marketing determinam que qualquer carro desse tipo deve ser chamado de SUV. É verdade que até hoje não existe consenso sobre o que é de fato um utilitário esportivo. Preste bem atenção nisso: como pode, por exemplo, o Dodge Journey ser um crossover e o Fiat Freemont ser um SUV? São exatamente o mesmo carro. Só o logotipo é diferente.

 

Para alguns especialistas, somente os carros com carroceria sobre chassi e capacidade off-road merecem ser chamados de SUV. Nesse caso, só o Toyota SW4 e o Chevrolet Trailblazer mereceriam esse título. Outros especialistas são mais maleáveis e consideram outros aspectos, uma combinação do ângulo dos vidros dianteiro e traseiro, altura da carroceria e capacidade off-road. Prefiro considerar essa última para dizer separar o joio do trigo nessa questão dos SUVs e dos crossovers.

 

O fato é que não há uma definição, uma teoria solida sobre o que difere um do outro. E por questões de marketing e comércio, a indústria se apoia naquilo que for mais conveniente. Vamos combinar que os SUV’s estão na moda, é objeto de desejo de grande parte dos consumidores. Então, desta formas, chegamos à conclusão que modelos monoblocos, que não derivam de picapes, e somente tem um apelo off-road, não podem ser chamados de SUV. Assim, imagine que um Land Rover, um Cayenne ou um Volvo, não seja um utilitário. Realmente é complicado. 

 

Entretanto outros modelos como Honda HR-V, Nissan Kicks, Peugeot 2008, Ford EcoSport, entre outros, podem sim, facilmente, caracterizarem-se como crossovers.

 

 

Informações também coletadas do texto do amigo Sergio Quintanilha - www.istoedinheiro.com.br

 
 

 

Carros & Cia

o fantástico mundo do automóvel

Entre em contato conosco:
(54) 3221 4600
contato@carrosecianews.com.br

   
Cadastre-se em nossa newsletter: